Beef bourguignon – Carne com molho de vinho tinto – Julia Child

10382749_804019209634244_2038498498131259066_n

Olá amores, hoje venho falar para vocês um pouquinho sobre a receita que fiz esta semana, uma receita do livro “A Arte Culinária de Julia Child” nível de dificuldade médio, é uma receita demorada leva em torno de 2 1/2 hs e requer um pouquinho mais de atenção pois mesmo lendo e relendo a mesma várias vezes acabei cometendo algumas gafes, a vontade era tanta de ver logo o resultado e de saborear que na hora de executar me confundi um pouco, mais enfim ficou excelente e fui aprovada pelo meu maridinho, minha prima Raquel que considero como uma mãe e pelo seu filho Vitor. Bom vamos a receita, ela consiste no sabor marcante do vinho, abaixo vou colocar o valor que gastei mais ou menos e a receita, espero poder ajudar um pouco, não irei colocar super detalhado pois como pretendo cozinhar as demais receitas acho que não seria certo rescrever praticamente o livro todo no blog, espero que me entendem.

Antes da receita vamos aos gastos com os ingredientes.

Bacon: R$ 10,27

Carne (Lagarto): R$ 42,18

Pimenta do reino (com moedor incluso): R$ 19,99

Vinho: (Beaujolais) R$ 44,90 (Chianti) R$ 29,90

gastos estimados +/- R$ 120,00

IMG_20150304_125810030

Os ingredientes !

Opcional, mais tradicional para dar um gosto a mais: 170g debacon ou toucinho branqueado (página 119)

2 a 3 colheres (sopa) de óleo de cozinha

Cerca de 1,8 Kg de acém, limpo cortado em cubos de 5 cm (bom não encontrei acém então fiz com lagarto, neste momento também me perdi pois cortei em cubos menores em torno de 2cm)

Sal e pimenta-do-reino moída na hora

2 xícaras de cebola em fatias

1 xícara de cenouras em fatias (também acabei cortando errado cortei em rodelas)

1 garrafa de vinho tinto (tipo Beaujolais ou Chanti)

2 xícaras de caldo de carne (página 18)

1 xícara de tomates picados, frescos ou em lata

1 buquê de ervas médio (página 115)

Beurre manié para molho: 3 colheres (sopa) de farinha de trigo misturadas com 2 colheres (sopa) de manteiga até formar uma pasta

Para a guarnição: 24 cebolas pequenas, braseadas (página 62), e 3 xícaras de cogumelos salteados (página 67)

(Se usar toucinho, salteie para dourar, ligeiramente, em um pouco de óleo; reserve e junte ao cozido com a carne; use a gordura para dourar a carne.) Escolha uma frigideira grande e doure os pedaços de acém de todos os lados em óleo quente; tempere com sal e pimeita-do-reino e transfira para uma caçarola de fundo pesado. Remova quase toda a gordura da frigideira, deixando só um pouco, junte os legumes fatiados e doure, transfira para a panela com a carne. Deglace a frigideira com vinho e ponha tudo na caçarola, juntando caldo o suficiente para quase cobrir a carne. Acrescente os tomates e o buquê de ervas. Espere ferver, tampe, abaixe o fogo e cozinhe sob a chama do fogão ou num forno pré-aquecido a 160 °C, até que a carne esteja macia – experimente um pequeno pedaço para checar. Passe por uma peneira colocada sobre uma panela e volte a carne à caçarola. Pressione o líquido dos resíduos que ficaram na peneira; desengordure esse caldo e ferva até obter 3 xícaras. Fora do fogo, misture a beurre manié, então cozinhe por2  minutos até o molho engrossar, ligeiramente. Acerte os temperos e regue a carne com o molho, juntando as cebolas e os cogumelos. (A receita pode ser feita até esta parte com 1 dia de antecedência.) – foi o meu caso – Para servir, volte ao fogo baixo, pincelando a carne e os legumes com o molho por vários minutos, até tudo estar muito bem aquecido.

bon appétit !

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *