10 opções de lanches para escolinha

As aulas finalmente começaram e junto com elas, temos alguns hábitos que temos que iniciar ou retomar. No meu caso e de algumas outras mamães e papais, junto com as aulas inicia nossa jornada de pensar em um cardápio semanal para o lanche da escola, não sei muito bem como funciona nas escolinha publicas, se os pais tem quem mandar algo, mais hoje na escolas particulares a grande maioria você tem a opção de contratar ou não os lanches da manhã e da tarde e o almoço, e outras ainda você tem que assumir 1x por semana levar um lanche coletivo para todos da classe. Na escolinha dá Ágatha temos as opções de contratar ou levar de casa, e temos o compromisso de enviar 2 frutas diárias para eles comerem no período da manhã e da tarde (a partir do maternal 1 – com algumas exceções – ). Eu optei e contratar somente o almoço, e me comprometi em mandar além das 2 frutas diárias enviar o lanchinho dela, como sei que alguns pais também optam por essa opção, venho hoje compartilhar com vocês algumas opções de lanche para enviar pra escola, lembrando que nesse lanche deve conter “Fruta + Carboidrato + suco”. Eu procuro varias bastante e cortar o pão ou frutinhas em formatos divertidos para incentivar eles comerem seu lanchinho, e sempre mando uma opção doce e outra salgada além da frutinha e do suquinho, Bom chega de falar e vamos as opções.

 

Continue Reading

Receita: Torta de frango com Massa de batata

O segredo dessa torta é a macies que fica a massa, pois a mesma é feita com batata, bom não preciso nem falar mais nada né, junta a batata o catupiry e a mussarela, não teria como ser diferente né. Vale comentar que essa receita também é uma ótima opção legal pra quem mora sozinho ou leva marmita pro trabalho, pois você pode fazer em porções individuais, basta comprar as forminhas de alumínio pequenas que tem pra vender no mercado e fazer nas forminhas, pré-assar e congelar.

Ingredientes
1 Cebola em rodelas
3 Dentes de alho picadinhos
1 kg de frango
2 xíc. de leite
1 xic. de óleo
2 Batatas grandes amassadas
2 xic. de trigo
1 Col. de fermento
250g Catupiry
200g Mussarela
Azeite de oliva
Sal
Pimenta

Recheio
Refogue o alho, a cebola e o frango com o azeite de oliva, sal e pimenta. Reserve

Massa
Coloque o leite, óleo, a batata e pitada de sal, deseje em uma cabia, acrescente o trigo e fermento mexa bem ate ficar tudo bem misturado.

Montar e Assar
coloque metade da massa na travessa, coloque o frango, depois cubra com caturiry e mussarela e por ultimo o restante da massa, leve ao forno por mais ou menos 1 hora.

Rendimento: 8 porções
Forno: 200°c
Tempo total: 1h30

Obs.: Você pode servir somente a torta ou então pode servir com alguns acompanhamentos como: Arroz, salada verde, batata palha.

 

Fonte: @tastemadebr

Continue Reading

Segundo dia de Aula

Sim! O segundo dia acho que é algumas vezes mais marcante do que o primeiro, o nosso pelo menos foi, ela acordou feliz da vida empolgada para ir pra escolinha, chegamos lá e ela travou, Sim ela TRAVOU! começamos  tudo do 0 porém acho que pior, ele estava com um receio maior de que eu iria deixar ela ali sozinha, fomos na salinha dela, fomos para o parque da escola brincar com os amiguinhos, e não teve jeito toda hora ela me chamava, pedia pra mim ficar com ela, e detalhe tinha que ficar abaixada pra ficar da altura dela, não podia levantar, se eu levantasse ela me abaixava novamente (rsrs), fiquei 1h com ela na escolinha conversando sempre que a mamãe iria deixar ela com as prof’s e iria trabalhar e depois voltava pra pegar ela na escolinha para comermos pizza, mais igual ela fazia carinha de triste, até que eu vi que não ia ter jeito eu teria que ir mesmo ela chorando, então lá foi eu sai com o coração MEGA apertado, e quase chorando junto, ela se grudou em mim de um jeito, fui soltando ela e entregando para a Prof Ana, e sai. Não consegui nem olhar pra traz porque se olhasse não daria conta. Sai pela porta da escola louca para voltar e abraçar ela ber apertadinho. É realmente são sensações únicas, que TODAS nós passamos, por mais que sabemos que é bom pra eles estarem na escolinha, ficamos com o coração apertado nesses períodos de adaptação, dói ver aquela carinha de triste com nossa saída, dói ver eles empolgados com nossa presença ali vendo eles e saber que quando agente der tchau vão chorar, ou ficar triste, afinal é um mundo completamente diferente pra eles. Fiquei a manhã toda agoniada pois queria saber como ela estava, ver ela, então falei com a Diretora pelo whatsapp, e então ela super atenciosa me mandou 2 fotinhos dela na hora do lanchinho com uma carinha bem melhor, mais sabem como é mãe né! rsrs só vou sossegar a hora que eu ver ela realmente.
Confesso que fiquei agoniada o dia todo, até ver ela rsrs. Quando cheguei na escola lá estava ela, já havia feito até uma amigam SIM! uma amiga, as duas se grudaram e iam de um lado para o outro juntas, fiquei uns 5min no meio do pátio da escola até então finalmente ela me ver, veio me deu um beijo e já saiu para brincar com a amiga, andaram de mãos dadas, contaram histórias, uma ajudou a outra, foram no castelo, no escorrega, tomaram água, faziam tudo juntas, e na hora de ir embora se abraçaram lindas. Ágatha foi o caminho todo falando de sua nova amiga, falou das brincadeiras, falou da hora do lanche, do almoço, era nítida sua felicidade em ter passado o dia com os amiguinhos.
O segundo dia foi mais difícil a chegada mais o dia já foi mais produtivo rsrs, já fez até uma nova amiga.
Continue Reading

8 Dicas para viajar em família

 

Viajar é sempre muito bom, mas requer uma boa pesquisa de valores, e organização na contratação dos serviços, ainda mais quando viajamos com mais pessoas, requer o dobro de cuidado e atenção nos orçamentos e definições de locais, transporte, entre outros, sendo assim  resolvi compartilhar com vocês algumas dicas de como me organizo para uma viagem como essa.

  1. Definam uma pessoa para fazer o orçamento de Hotel e Transporte
          –     É importante que essa responsabilidade fique com apenas uma pessoa, pois assim não confundi a cabeça de ninguém e não correm o risco de duas pessoas negociarem com os mesmos fornecedores de serviço.
  1. Confirmar local onde vão.
     – Adultos
     – Crianças
  1. Definir meio de transporte
     – Ônibus
     – Carro
     – Avião
  1. Procurar os melhor hotel em questão de localização
     – Caso estejam indo passar férias, procurar um hotel que seja ideal para todos do grupo, espaço infantil, o que está incluso no pacote, se fica bem localizado;
     – Caso seja uma viagem curta por exemplo, uma formatura, casamento, aniversário, procure se informar com os donos da festa onde todos iram se arrumas, local da festa, igreja, e já perguntem se o mesmo poderia indicar os hotéis mais perto do local da festa, salão de beleza (caso alguém vá se arrumar em salão). Nessas situação lembre-se que vocês não vão ficar muito tempo no hotel então não precisa ser nada muito luxuoso.
  1. Fazer o levantamento de quanto iram gastar, transporte
     – No site do Sem Parar você consegue ter um aproximado de quanto vai gastar em questão de combustível e pedágios (lembrando que para viagens longas o ideal é ir no máximo 4 pessoas em cada carro);
     – Se optaram por ônibus, faça o levantamento de valores e defina com o grupo se as crianças iram pagar ou não. Lembre-se se confirmar com as empresas o que está incluso no valor do transporte, e ver a questão da diária do motorista, muitas empresas deixam essa questão por conta do contratante;
     – Se for de avião, compre com antecedência, (lembrando financeiramente essa é sempre a opção mais cara, porém ganha em relação a tempo, talvez seja ideal somente para destinos muito longe ou para aqueles que não vão ter muito tempo);
  1. Definir hotel e transporte
     – Feito o levantamento de orçamentos, é hora de definir, passar os valores das melhores opções para o grupo e passar o valor para todos decidirem, importante definir um prazo pois principalmente os hotéis costumam separar os quartos próximos um do outro, até para não atrapalhar os demais hospedes.
     – Confirmar se tem que pagar algum valor para reserva de hotel, ônibus. (a maioria pede 50% do valor para reserva)
     – Ver as formas de pagamento
  1. Fazer a reserva dos serviços que iram precisar (hotel, ônibus, translado, etc)
  1. Arrecadar o valor de todos com antecedência para não ter nenhum imprevisto no dia da viagem.
Agora é só curtir e aproveitar a viagem com a família, minha dica é, quando for um grupo grande aproveitem para ir de ônibus assim todos iram poder descansar no caminho de ida e volta, e a família pode aproveitar para rir, brincar e se curtir o caminho todo.
Essas são as dicas que dou para quem vai viajar em família. Se realmente funciona, pra mim está funcionando, estou organizando para uma viagem em família onde vamos a um casamento e estamos nos organizando dessa maneira, como somente eu fiquei de levantar valores, consegui negociar os preços com hotéis e empresas de ônibus, fica muito mais fácil essa negociação.
Continue Reading

Primeiro dia de Aula

 

O que falar do primeiro dia de aula, pra nós aqui em casa foi o dia mais esperado, a Ágatha sempre ficou em casa, mas sempre pediu para ir para a escola, inclusive diversas vezes ela colocava a mochilinha nas costas ou pegava uma bolsa pela casa e saia dizendo que estava indo para a escola. Hoje está com 2 anos e esse foi seu primeiro contato com a escolinha, acordou meia ressabiada e animada ao mesmo tempo, a mamãe aqui estava empolgada e preocupada também com essa adaptação (rsrs). – Quando me perguntaram como eu achava que seria, falei tranquilamente que eu não tinha problemas com isso, mais retiro o que eu disse, a sensação é semelhante em todos nós, papais e mamães (rsrs), o friozinho na barriga da igual – Mais então! Levantamos nos arrumamos e ela já foi se soltando, pegou a mochila e saiu mega empolgada pra escola, chegamos lá entrou quietinha e ficou analisando tudo, foi pegando um brinquedo aqui, outro ali, os coleguinhas foram chegando, e ela foi analisando todo (rsrs), pegou outro brinquedo aqui e ali, perguntei se eu podia ir trabalhar e ala “Não! Mamãe, não!” “Vem brincar”, brinquei mais um pouco com ela, andamos pela escola, e já fui conversando explicando que ela ficaria ali com as professoras e  com os coleguinha, ficou ressabiada e logo voltou a se soltar, dei mais um tempinho pra ela, e comecei a fazer umas cosquinhas, brincamos e conversei novamente com ela junto com a Prof e uma coleguinha, então ela me olhou e me deu um beijo de batom, dei vários beijinhos de batom (hehe) e ela me deu vários também e me deu um abracinho e então deu tchau, ficou brincando com a amiguinha. Eu? aah, eu como toda mãe fui saindo da escola com aquela postura de que está tudo ÓTIMO, mas na verdade estava com o coração apertadinho, realmente acho que quem sofre mais somos nós, ou ambas as partes de igual para igual. Achei que pra mim seria super tranquilo pelo fato de que ela dorme as vezes na casa do pai, avó, tia, mais não, escola é escola! A sensação é completamente diferente, é algo que não tem como explicar, mesmo sabendo que ela será bem cuidada, é uma preocupação diferente, acho que não é nem algo diretamente com a escola, e nem relacionado ao medo da criança não ser bem tratada, acho que é mais uma preocupação com ela mesmo, preocupação de como ela vai se sentir, se vai gostar, se vai se divertir, essas coisas que no fundo sabemos que sim, principalmente se for uma criança que está sempre em contato com crianças diferentes – Que é o caso da Ágatha – Não tenho dúvidas que ela está bem e que vai voltar pra casa cheia de histórias toda empolgada. Agora fica a ansiedade de chegar o final do dia para pegar ela na escola, ver como ela está e ouvir as histórias.
Quando chego na escola para irmos pra casa, lá estava ela, brincando lindamente na areia da escola, próxima de seus novos coleguinhas, observando cada coisa que eles faziam, quando me viu? Aah não preciso nem falar na felicidade dela né, e mais, ficou toda contente e saiu correndo me chamando para brincar com ela, ver ela escorregando no escorregador, subindo no castelo, a felicidade em seu olhar era nítida. Convidei ela pra ir pra casa e quem disse que queria ir, não queria mais sair dali, foi 7x no escorregador até convence-lá de ir pra casa, e que amanhã ela poderá brincar novamente.
Bom esse foi nossos primeiros momentos sobre o primeiro dia de aula.
Continue Reading

 

Sejam todos bem vindos ao blog, estamos iniciando mais um ano e junto estou RE-INICIANDO o blog, dessa vez é pra valer (rsrs), agradeço a todos que mesmo com postagens nada frequentes me acompanharam, eu havia pensado em iniciar o blog do zero, mais não achei justo com aqueles que já me acompanham. Então vamos Re-Iniciar esse nosso contato, espero que gostem dos assuntos que irei falar aqui, no momento o que mais entendo é sobre ser mãe, estou sempre lendo sobre assuntos ligados a esta nova vida, vou procurar compartilhar com vocês, tudo que estou aprendendo com isso, experiencias, entre outros assuntos. Não! Não vou falar apenas sobre a maternidade, mas provavelmente esse será o tema principal, mais vou procurar compartilhar com vocês informações, dicas, experiências de diversos temas, fico também a disposição de todos.

E-mail para contato: amandaipeixoto@gmail.com

Continue Reading

Pra que complicar se podemos simplificar!

stockvault-great-falls-winter-twilight-violet-velvet-fantasy185480

Temos esse péssimo hábito de complicar as coisas, acho que é porque acaba sendo muito mais fácil, não sei, pois a maioria das vezes passamos por uma coisinha de nada que poderia ser comparado com uma pedrinha em nosso caminho uma pedrinha de uns 20 cm e ao invés de ignorar essas pedrinha, temos o forte hábito que mesmo não gostando desses momentos ao invés de ignorar a existência dela, nós a encorajamos a crescer e fazemos com que ela se torne uma pedra de 20 metros de altura, impossibilitando nossa passagem para o outro lado. É como se nós não conseguíssemos viver sem criar esses obstáculos imensos em nossas vidas, sofremos sem necessidade e muitas vezes nos machucamos muito a ponto de querer se entregar e desistir dos objetivos que traçamos para nós mesmos. Faz mais ou menos uns 2 meses que comecei me observar melhor e ver como realmente eu e praticamente TODOS nós complicamos muito mais as coisas, então resolvi trabalhar em mim mesmo sempre que possível para que eu não complique tudo e sim para que eu simplifique os problemas, começando a tirar o lado bom das coisas ruins que acontecem em nossas vidas, deixando que permanecam comigo apenas o que é bom, e colocando tudo que é de ruim, tudo que vai me deixar em um estado emocional mais frágil, em uma caixinha bem la no fundo do sótão aquele cantinho bem escuro embaixo de muitas outras caixas onde eu sei que jamais vou querer ir para abri-lá, foi então que vi o quanto isso nos faz mal, muito mais do que imaginamos. Hoje tento sempre me policiar para não cometer mais esses erros, tenho sempre pra miim a seguinte frase “tudo é uma via de mão dupla, onde tudo que vem volta!” Sendo assim sempre que alguém faz algo para me atingir ou acontece acontece algo de ruim comigo, penso nisso pois aqueles que nos fazem mal se esquecem que tudo que vem volta, se você faz o mal para alguém automaticamente a vida vai dar a lição, sendo assim pra que eu me preocupar em dar o troco ou tentar deixar o outro mais para baixo, acho que muitas coisas não precisamos dar o troco, retrucar, jogar na cara, acho que se você não gosta de viver em uma vida cheia de sentimentos ruins você deve começar a mudar por você. Comece a olhar para o lado com um único olhar, deixe tudo que é ruim em um lugar onde seus olhos mal possam enxergar, e comece a observar mais as coisas boas que vivem acontecendo ao seu redor, seja ela um simples amanhecer com um lindo céu azul e um sol aquecendo seu dia, seja uma flor que você encontre do caminho de casa até o trabalho, seja um olhar de comprimento que cruzou com o seu durante seu caminho, seja um simples bom dia que lhe deram, seja uma proposta que você tenha recebido no trabalho, seja o olhar, o sorriso de alguém, comece a observar melhor esses atos e comece preencher os espaços vazios com eles, não deixando nenhum espaço em sua vida para as coisas ruins. Faça o teste, se policie e veja como isso realmente faz muita diferença.

Continue Reading

Um pouco sobre ser mãe.

11078243_819058151463683_5248568561003691460_o

Ser mãe! Essa foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida, cada momento é único, a cada dia uma nova descoberta, faz 1 ano e 2 meses que sou mãe de uma linda princesa, nós mães somos muito babonas, somos apaixonados por nossos filhos, ficamos horas olhando pra eles quando estão dormindo, viramos uma manteiga derretida quando ouvimos sua primeira palavrinha e quando eles dão seus primeiros passinhos, sim! babamos em tudo que eles fazem, e em cada nova descoberta. Ser mãe, é muito bom, porém em alguns momentos temos dificuldades, e nesses momentos a vontade que nos dá é de largar tudo e sair correndo, mais ai paramos e respiramos, olhamos para aqueles lindos olhinhos e toda essa vontade de sumir desaparece, é como se eles fossem nosso carregador que carrega nossa bateria ao admira-los. Bom minha experiencia como mãe está sendo maravilhosa pra mim, pois estou vendo muitas coisas de formas diferentes, estou aprendendo coisas novas todos os dias que estou ao lado dela, estou tentando aproveitar o máximo de tempo ao seu lado, estar presente em cada descoberta, fazer parte dos momentos mais importantes em sua vida, Faz pouco tempo que estou vivendo esta vida, mais a cada dia que passa amo mais e mais, e não trocaria ela por nada neste mundo, ser mãe é nunca ficar sozinha (pelo menos nesta idade), mais desde já eu me cuido para ama-lá de uma forma saudável, me policiando aos ciumes e desde já trabalhando minha mente que terei que dividi-la com outras pessoas.

Em muitos momentos fico pensando se estou tomando as atitudes corretas referentes a ela, ou se não estou fazendo algo que possa magoa-lá no futuro, em algumas situações muito delicadas temos que tomar certas decisões, porém muitas delas são irreparáveis então se errarmos ao tomar uma decisão difícil acabamos nos culpando, porém nem sempre paramos para pensar que naquele momento era a “unica” solução, e quando nos damos conta que erramos, nos arrependemos e sempre tentamos de alguma forma suprir este erro, porém temos que abir nossos olhos e cuidarmos muito com isso pois, ao tentar suprir um desses erros podemos mimar nossos filhos de mais ou podemos passar a mão na cabeça deles sempre que fizerem algo de errado.  Por isso que SIM ser pai e/ou mãe é uma tarefa muito difícil afinal estamos educando nossa futura sociedade, somos nós os pais que educam os filhos, então sim boa parte da formação dos nossos filhos é inteiramente nossa, então nosso dever é tentar ao máximo educa-los da melhor maneira possível, mostrar á eles o lado bom das pessoas, e claro alerta-los das coisas ruins do mundo. Espero que eu consiga educar o máximo minha princesa, para que ela seja uma boa pessoa, para que ela saiba me perdoar dos erros que eu irei cometer, (porque sim, nós cometemos erros em toda a nossa vida), espero conseguir ser uma referencia pra ela, que eu possa dar muito orgulho, pois dela eu já tenho MUITO orgulho, pois mesmo sendo tão novinha ela já faz as pessoas que estão a sua volta feliz, já é super simpática com todos a sua volta.

 

Beijos

Continue Reading

Cabeceira de Cama

Olá meus amores!

Tudo bem com vocês? Então hoje vim compartilhar com vocês mais um dos meus planos, ter ou não ter uma cabeceira na cama! Minha cama é uma Queen da Ortobom (eu amo essa cama), comprei ela a uns 3 anos, tive um probleminha com o forro do primeiro colchão no final do primeiro ano, mais nada de mais liguei pra Ortobom e trocaram dentro de 7 dias, enfim não vim falar da cama hehehehe mais sim sobre ter ou não ter uma cabeceira.  Adoro entrar em um quarto e ver ele todo fofinho, colchas e almofadas combinando, quadros, cortinas, criados mudos com coisas fofinhas e cabeceiras lindas (a melhor parte). Ai você me pergunta – Amanda, você acabou de dizer que ama cabeceira, então porque ficar na duvida – Bom, estive olhando pela internet umas cabeceiras porém são muuito caras (as que eu mais gostei), a minha dúvida é! se eu quiser uma cabeceira dessas que sou apaixonada terei que meter a mão na massa e esperar as coisas “$” melhorarem um pouquinho, então fui pra internet procurar e vi varias formas de ter uma “cabeceira” tem umas com varão e tecido, tem as de adesivo e por ai vai. A minha maior dúvida é! Será que vale a pena eu fazer algo simples agora e no fim não gostar do resultado, tipo até pode ficar bonito mais se não for uma coisa que realmente vai me agradar em pouco tempo eu vou querer mudar, ou seja tenho que colocar na ponta do lápis pra ver o que realmente compensa.

Além da estética o que eu mais espero de uma cabeceira é ter mais conforto também pra quando eu quiser editar post/videos e ver televisão. Então não sei se vou fazer uma cabeceira provisória ou se vou aguardar mais um tempo para ter uma boa cabeceira e confortável, nem que eu tenha que fazer – Afinal quem não gosta de decorar sua própria casa e fazer algo próprio seu, onde os outros iram ver e você poderá dizer, ah foi eu que fiz! Oh Delicia em! – então vou mostrar algumas inspirações aqui  pra vocês.

01. Cabeceira estofada

Amooo

02. Cabeceira acompanhando os criados mudos

head-quadrados-casa.abril_

03. Cabeceira com varias Almofadas

intermed

04. Cabaceira com Captone

kindinha

05. Cabeceira com varão de cortina e almofadas

cab varão

06.  Cabeceira de Madeira(estilo palete)

cabeceira arquitrecos via uol mulher

07.  Cabeceira de Adesivos

Adesivos-Cabeceiras-3

ovelhas_cabeceira  

08. Cabeceira de Palha

 cabeceira palha

09. Cabeceira de Janelas

cabeceira-de-cama-janela

 

Então meus amores é isso ai, a maioria das cabeceiras que mostrei aqui em cima pra vocês dá de fazer em casa, espero que gostem.

Beijinhos

Continue Reading

Parede simples X Mural

Olá meus amores!

Preciso da ajudinha de vocês, vou mostrar aqui pra você a parede que quero transformar em um painel, e mostrarei algumas inspirações que já estive vendo, gostaria muuuito da ajuda de vocês para me ajudarem a escolher qual é o modelo de painel que mais combina com esta parede, a mesma fica na sala/cozinha.

Eis a tal parede:

20150917_011711

Então meninas agora vou mostrar algumas inspirações, me digam o que acham.

  1. mural de Cortiça, onde você anexa fotos, recados, etc com taxinas.

cortiça

2.Mural de lousa, Uma tinta própria para issom uma lousa para escrever com giz.

Lousa

3.Mural de vidro, anexar um vidro na parede para escrever com canetas.

Vidro

Então meninas essas foram as 3 opções que achei, me digam o que acharam, se gostaram da ideia de transformar esta parede em um mural, ou se vocês acham melhor fazer outra decoração,

Espero ansiosa pelas opiniões de vocês.

 

Beijnhos meus amores

Continue Reading